O Javascript do seu navegador está desativado, você poderá ter problemas.

Ensino Superior - Humboldt Dual

Formação Profissional Dual no Colégio Humboldt


A formação profissional dual conta com mais de 100 anos de grande sucesso, com seus atuais mais de 1700 formandos ao ano. O Colégio Humboldt oferece a formação profissional dual há mais de 30 anos. Trata-se do maior instituto de formação profissional dual fora da Alemanha. Atualmente oferece a formação na área da indústria, logística, administração e seguro.


A formação profissional dual interliga a aula teórica no Colégio com a formação prática nas diversas empresas. Teoria e prática transmitem aos alunos do DUAL as linhas mestras para seu caminho profissional seguinte. Em suas empresas eles percorrem diversos setores, como, por exemplo, Marketing e Vendas. Conhecem a empresa como um todo e recebem uma visão das diversas atividades. Ao mesmo tempo, a empresa consegue ter uma imagem abrangente do aluno. Desta forma, talentos, dedicação e interesses podem ser reconhecidos e incentivados.


"Para ambas as partes a formação profissional dual tem vantagens", afirma o diretor dos cursos profissionalizantes Sven Peters (Hans Wagner?).


Os conteúdos da formação profissional dual variam de acordo com o curso escolhido e compreendem, entre outros:


Gestão e economia, administração, contabilidade, informática, fundamentos jurídicos, como também comunicação em empresas - em português, alemão, inglês e espanhol.


Para participar da formação profissional dual, o interessado deve ter concluído o Ensino Médio. Seus conhecimentos de alemão devem ter o nível DSD I, já que as aulas são ministradas em alemão. Como comprovação dos conhecimentos de alemão deve ser feita uma prova de alemão. Candidatos que já possuem um certificado B2 ficam isentos desta prova. "Fazemos entrevistas com os interessados para verificarmos os motivos e objetivos para a formação profissional dual. Assim, podemos responder a todas as perguntas dos candidatos e dar dicas para a confecção de seus currículos" informa a gerente comercial do Colégio Humboldt Letícia Souza.


A formação dual estabelece o contato com as empresas parceiras. Em sua maioria são empresas multinacionais. "Após a contratação pela empresa, os alunos permanecem por cerca de um mês no colégio. Em seguida, inicia a fase prática na empresa, com duração de cerca de dois meses. Esta troca permanente entre teoria e prática caracteriza a formação profissional dual", relata Letícia Souza. "A formação profissional dual do Colégio Humboldt tem esta proposta única no Brasil. Mais de 90% de nossos alunos são efetivados pelas suas empresas após o término da formação", ressalta Sven Peters (Hans Wagner?). Durante a formação, os alunos fazem provas escritas e recebem, após cada bloco, boletins. Estes são encaminhados para as empresas parceiras.


Cada vez que um aluno terminou seu estágio em uma seção, ele escreve um relatório. Simultaneamente, seu tutor deste departamento escreve uma avaliação. Nesta, o trabalho do aluno é avaliado com base na execução de tarefas, pontualidade e conduta. A formação profissional finaliza com uma prova escrita e uma oral perante a Câmara do Comércio e Indústria Brasil-Alemanha. Em caso de aprovação, o aluno recebe um Histórico Escolar e um Certificado, ambos reconhecidos no Brasil e na Alemanha.


Além disso, paralelamente ao estudo profissionalizante, há a possibilidade de alcançar um Certificado de Ingresso em uma faculdade. Assim, após a conclusão do curso, pode ser iniciado o estudo em uma faculdade alemã (veja Universidades Alemãs e Europeias).


Letícia Souza realça: "é um sistema notável, já que a empresa tem a possibilidade de ensinar tudo e formatar a instrução de acordo com seu standard. Para os alunos, é uma oportunidade única de ter experiências no mercado de trabalho. Os jovens aprendem sobre a estrutura organizacional de suas empresas e passam por diversos departamentos." Ela é da opinião que as empresas procuram por jovens interessados e com o domínio de diversas línguas. "A Formação Profissional Dual traz uma maturidade da qual muitos estudantes universitários não dispõe. Por meio das experiências nas empresas, os estagiários aprendem a desenvolver uma postura profissional própria em relação a responsabilidade e engajamento. Eles podem iniciar sua carreira profissional de acordo com seus próprios interesses. é isso que ex-alunos nos relatam constantemente."


Entrevista com alunos:


Marília Santana está cursando o segundo ano da Formação de Logística e estagia no Hamburg Süd Group, "Com 18 anos já tenho conhecimentos sobre o funcionamento de uma empresa, sobre processos de trabalho internos e sei como devo me portar em uma entrevista de emprego. O que eu aprendo na aula eu posso usar na empresa. E ao contrário, muitos conteúdos práticos me ajudam na aula. Todo dia aprendo algo novo. Agora vejo muitas coisas sob outro ângulo e sei que é importante para o meu futuro.", afirma. Entre outros, ela se decidiu pela formação dual para continuar com o aprendizado do alemão. "Eu também estava muito curiosa sobre o mercado de trabalho. Além disso, estou convicta que alunos interessados não devem ter medo da língua alemã".


Christine Grudzinski, do curso gestão empresarial, está no segundo ano de formação e faz seu estágio na Volkswagen do Brasil. Ela ressalta que esta é uma experiência única em que ela pode comprovar sua capacidade de desempenho. "Estou convicta que, por meio da Formação Dual, tenho uma vantagem perante outros concorrentes no mercado de trabalho. Com 18 anos, aprendo os conteúdos de estudo em alemão, o que me traz vantagens incalculáveis. Ao mesmo tempo, tenho a possibilidade de trabalhar em uma empresa que me traz chances para o futuro", conta.


Christine estava insegura se deveria optar pelo estudo de engenharia ou fazer o curso de gestão industrial. "Para minha decisão, foi importante conhecer ambas as áreas. Hoje trabalho no departamento de engenharia de desenvolvimento de conceitos de powertrain (motores e engrenagens) em uma das maiores e mais conhecidas empresas do ramo automobilístico. Ali posso empregar os conhecimentos adquiridos na escola profissional e também conhecer as atividades ligadas à engenharia", ela ressalta. Como para os outros alunos, a aquisição de experiências práticas é essencial para o futuro. "é uma das experiências mais interessantes que tive até hoje. O interesse pela minha profissão foi despertado por meio do ensino profissionalizante. Estou motivada a direcionar meus estudos nesta direção e ampliar meus conhecimentos". Christine tem um ótimo domínio da língua alemã, o que facilitou em muito a comunicação com os executivos alemães. "Minha função pede decisões rápidas e responsáveis. No curso profissionalizante, a maioria das matérias é dada em alemão, o que me diferencia dos outros colegas de trabalho."